TESTR: de QA a UX

Há um tempo que a questão vinha batendo à nossa porta. Quando a gente falava do TESTR, de teste de usabilidade, algumas pessoas respondiam “ah, vocês fazem QA?” Mas não era QA. Ao mesmo tempo, muitas pessoas que eram de QA se interessavam pelo TESTR e vinham falar com a gente. Mas a gente não era de QA.

Até que pensamos: por que não fazer também testes de QA? A gente já via uma boa intersecção entre os dois mundos. Afinal, todos queremos aumentar a qualidade de sites e aplicativos. Há pessoas de QA fazem testes com usuários e pessoas de UX muitas vezes fazem testes de QA. E agora atendemos todo mundo. 🙂

TESTR é uma plataforma de testes ágeis para produtos digitais, de QA a UX.

O TESTR QA funciona parecido com o TESTR UX, mas com um objetivo diferente: em vez de avaliar a experiência do usuário de forma qualitativa, o objetivo é descobrir se o site ou aplicativo está funcionando direitinho – e sem bugs. O cliente cria o roteiro de casos de teste, enviamos para a nossa base e entregamos resultados em até 1 dia. Acabamos de lançar o MVP e você já pode testar. 😉

E como chegamos até aqui? Pesquisa.

Bom, mas para chegar aqui a gente fez o que sabe fazer: pesquisa. Rodamos um questionário no fim do ano passado, entre pessoas que trabalham como analistas de testes / de QA. Buscamos entender o perfil dos profissionais de QA, o contexto e as dificuldades do dia-a-dia. E descobrimos algumas coisas interessantes:

  • Boa parte dos profissionais de QA sofrem com a falta de tempo para testar tudo que gostariam de testar.
  • São cobrados por melhoria contínua nos processos.
  • Testes automatizados são o objetivo de muitas empresas, mas nem sempre é necessário automatizar tudo.
  • Alguns já fazem testes de usabilidade no dia-a-dia. A maioria gostaria de fazer com mais frequência.



Gráfico mostrando que 66% dos profissionais de QA gostariam de fazer mais testes com usuários finais

Quer ver os resultados completos?

Baixe os resultados da pesquisa sobre profissionais de QA

E conheça o TESTR QA


Also published on Medium.