Pesquisa rápida: teste de usabilidade desktop, mobile ou de outras coisas?

No ano passado já havíamos feito uma pesquisa para entender como as empresas e profissionais têm feito testes de usabilidade no Brasil. Mas algumas perguntas ainda ficaram sem resposta e outras perguntas surgiram no meio do caminho. E por isso resolvermos começar a fazer pequenas enquetes / pesquisas rápidas com a comunidade de profissionais de UX. E, claro, compartilharemos os resultados, que podem ser úteis para todo mundo. 🙂

Fizemos na última semana uma pesquisa rápida com pessoas que trabalham com UX e usabilidade. A nossa intenção era responder algumas perguntas:

  1. Com que frequência fazem testes de usabilidade?
  2. Quantos participantes por teste?
  3. Mais testes mobile ou desktop?
  4. E além de celular e computador?

Até o fechamento deste texto, tivemos 120 respostas. Para uma pesquisa despretensiosa, ficamos muito felizes com os resultados. Não conseguimos aplicar um rigor estatístico, mas já é possível descobrir algumas coisas.

E vamos para o que descobrimos!

1. Com que frequência fazem testes de usabilidade?

91% dos respondentes fez até 6 testes de usabilidade nos últimos 6 meses – o que dá 1 teste por mês ou menos. O maior grupo foi o de pessoas que fizeram apenas 1 teste de usabilidade neste período (29%).

Gráfico mostra que a maior parte dos respondentes fez entre 1 e 6 estudos

No gráfico acima, consideramos apenas as pessoas que fizeram teste de usabilidade nos últimos seis meses. 21% dos respondentes não fizeram nenhum teste neste período. E os motivos para isso foram similares aos que encontramos na última pesquisa: principalmente falta de tempo (da equipe ou tempo para esperar os resultados) e orçamento.

Na pesquisa do ano passado, já havíamos observado que a maior parte das empresas (72%) faz menos testes de usabilidade do que gostaria, principalmente por falta de de orçamento. Mas se as pessoas fazem menos do que o ideal, qual é o ideal? Opa, isso pode ser assunto para a próxima pesquisa. 😉


2. Quantos participantes por teste?

Sabemos que em testes de usabilidade não é necessário ter uma amostra muito grande para ter bons resultados – o mais importante é que os participantes estejam dentro do público-alvo do que está sendo testado.

Mas e o que as pessoas que fazem testes de usabilidade no dia-a-dia costumam fazer? Na média, são 7 a 8 participantes por estudo. Mas só a média não diz muito, já que o número de participantes varia de 1 a 30. A amostra mais comum é de 5 participantes.

Gráfico mostra que a amostra mais comum é de 5 participantes

E de onde vem o mágico número 5? Em um estudo bem famoso, Jakob Nielsen demonstrou que 5 usuários são suficientes para ter bons resultados – e recomendou que fazer 3 rodadas de testes com 5 usuários seria mais útil do que um grande teste com 15.

Amostras um pouco maiores (e pares) também são bem comuns, como 8 ou 10 participantes. Com mais gente, é possível dividir a amostra em dois perfis, com clientes e não clientes.


3. Mais testes mobile ou desktop?

Testes de usabilidade em desktop (computador) ainda são mais comuns, considerando a quantidade de estudos. Mas a maioria (58%) das pessoas faz teste tanto em celular quando em computador – e tudo indica que vários dos estudos devem ser mistos, comparando o resultado nos dois dispositivos.

Gráfico mostra que os mais comuns são testes no computador, depois celular, tablet e outras coisas, respectivamente.


4. E além de celular e computador?

O trabalho de Experiência do Usuário não envolve só coisas que você acessa do computador e do celular. Mas ainda não são tão comuns testes que envolvem algo além de sites e aplicativos mobile ou desktop – apenas 6 dos 120 participantes tiveram alguma experiência com isso nos últimos 6 meses. Eles testaram:

  • Realidade virtual
  • Serviços de atendimento e pagamento
  • Sistemas multimídia de carro
  • Totem de auto-atendimento
  • Caixa eletrônico

Mas o prêmio de projeto mais divertido de todos os tempos vai para: teste de usabilidade de um jogo de tabuleiro. <3



Obrigado a todos que responderam! 🙂

E você? Faz testes de usabilidade no dia-a-dia? Se identificou com as respostas aqui ou em uma história diferente pra contar? Mande pra gente nos comentários.


E o TESTR com isso?

O TESTR é uma ferramenta de teste de usabilidade remoto. Pra gente é muito importante saber como, quando e de que jeito as pessoas fazem teste de usabilidade – assim podemos identificar oportunidades para ajudar. Esta pesquisa rápida confirmou a importância de ter uma versão para testes mobile (que vai sair do forno em breve). 😉


Also published on Medium.